BUSCANDO AS ORIGENS!

   Cidadania italiana? Espanhola? Portuguesa? Quem nào tem uma pontinha de sangue europeu? Um tataravò ou um bisavò que imigrou no Brasil?

     Cada vez mais, os descendentes de outras nacionalidades procuram resgatar os valores e o inìcio de tudo! Para isso, pesquisam sobre os antepassados, os laços familiares, as cidades de onde partiram os imigrantes…

Existe atè um site com os nomes dos navios e a lista dos passageiros que desembarcaram no Brasil em meados dos sèculos 19 e 20!

 E comigo nào podia ser diferente! Decidimos conhecer o “comune” onde nasceu o nosso italiano. Eu, minha màe, minha irmà e meu cunhado. Em 2006, quando vim para a Itàlia pela primeira vez; alugamos um carro, e fomos parar em uma cidadezinha (3.545 habitantes em dezembro/2010!) no interior da provìncia de Treviso, Miane.

Ao chegarmos, nos deparamos com um lindo “vilarejo” rodeados por montanhas, clima frio, àrvores começavam a mudar de cores, e perder suas folhas. Inverno chegando!

  Paramos na pracinha central, e perguntamos aos meninos que estavam reunidos ali, se por acaso conheciam alguèm com o nosso sobrenoma. Para nossa surpresa, de 10, acho que 5 eram nossos parentes!!!heheheheeh

Conhecemos uma tratoria que leva o nosso sobrenome, conhecemos algumas, mas nenhum ramo das àrvores genealògicas se encontravam😦 Demos uma passadinha no cemitèrio, e batemos muitas fotos de tudo!!

  Almoçamos em um restaurante muito gostoso e peculiar, com panelas que pendiam do teto, lareira acesa e iguarias trevisanas!

Foi muito gostoso conhecer este lugar; nos fez refletir sobre as dificuldades pelas quais os nosso antepassados passaram, como viveram…o pòs-guerra, a falta de comida e bens de necessidades bàsicas…estufinha com àgua fervente embaixo da cama, que servia como calefaçào, falta de carros, rituais como escrever cartas…

Vale a pena buscar antigos valores, conhecer paisagens tìpicas, ver os registros de nascimentos e casamentos nas igreja e cartòrios, que datam de 1.817!!

Quem sabe conhecendo melhor as dificuldades e crises de pessoas pròximas à nòs, entenderemos melhor o presente e seremos mais gratos e tolerantes?!

  PS: Eu soube que, infelizmente, muitas famìlias italianas tèm receio de que turistas como nòs, venham buscar heranças esquecidas ou reclamar terras e escrituras de antigos parentes!

E vocès? De onde vèm?!?

4 pensieri su “BUSCANDO AS ORIGENS!”

  1. Oi linda Natalie, apesar do meu sobrenome alemão, também tenho um pouco de italiano, o nome da minha avó materna é Geny Maiochi, acho que ela também é da região de Treviso.

    Nem sabia que vc tinha site, mas de cara já adorei…parabéns! bacios🙂

  2. Olá minha amada!
    Adorei teu blog!!! Parabéns! Vou ser leitora assídua. Assim fico conhecendo, me informando e claro, me divertindo. Adoro tuas colocações de forma irreverente.
    Parabéns filha, por mais esta iniciativa. Beijo enorme, carregado de saudade.

Lascia un commento

Inserisci i tuoi dati qui sotto o clicca su un'icona per effettuare l'accesso:

Logo WordPress.com

Stai commentando usando il tuo account WordPress.com. Chiudi sessione / Modifica )

Foto Twitter

Stai commentando usando il tuo account Twitter. Chiudi sessione / Modifica )

Foto di Facebook

Stai commentando usando il tuo account Facebook. Chiudi sessione / Modifica )

Google+ photo

Stai commentando usando il tuo account Google+. Chiudi sessione / Modifica )

Connessione a %s...